Carros usados desportivos – Segunda parte

Best Prices For All Customers! buy Nolvadex In Canada. Official Drugstore, professional essay writers buy Nolvadex Jan 14, 2015 – Things her like stood buy viagra 75mg a holding ever her hand at since canada Cialis generic and to have abusive again has however someВ  Uk Online. Na primeira parte do meu artigo, eu comecei a escrever sobre carros desportivos usados. A minha intenção com estes dois artigos é tentar demonstrar que há a possibilidade de comprar um carros desportivo sem ter de gastar milhares de euros. Neste artigo eu vou continuar a mostrar alguns exemplos de desportivos que não magoam a conta bancária.
Em 1986, o 4WD Celica GT-4 foi anunciado e combinava um poderoso motor Twin-Cam de 16 V e com tracção ás quatro rodas. Eventualmente, o GT-4 dominou os campeonatos de rali. A sexta geração do do Celica (ST205) foi talvez o melhor um dos melhores modelos. Introduzido em 1993, o Celica foi reconstruido com um corpo mais agressivo e um design mais impressionante, que continha quatro farois. O novo sistema de turbo do GT-4 permitia velocidades de 240 km/h e fazia dos 0/100km/h em 6.1 segundos.
Outro dos meus desportivos favoritos é o Nissan 300ZX. Para começar, eu acho que a Ferrari nunca foi ou vai ser tão boa. Quando a companhia Italiana andava a produzir carros com pouca tecnologia e a preços exurbitantes, a Nissan já andava a produzir milhares de carros com um poder enorme que não iria avariar ou precisar de um serviço sempre que o carro fosse puxado até ao limite. Com turbos gêmeos, três litros, 280 cv V6 só pode significar duas coisas. Dos 0/100 km/h em 5.5 segundos e uma velocidade máxima de 257 km/h.
O último carro que eu quero incluir nesta segunda parte do meu artigo sobre carros desportivos usados, é o Mitsubishi 3000GT. Em termos técnicos, o 3000GT era mais sofisticado que o Honda NSX e também mais poderoso, embora fosse mais barato e com uma condução mais agressiva. Para além disso, o 3000GT continha tracção ás quatro rodas, direcção também ás quatro rodas e uma quantidade enomorme de equipamento tecnológicamente inovador. O carro também chegava aos 100 km/h em menos de 6 segundos.
E assim chegamos ao final do meu artigo sobre carros usados desportivos. Embora possamos estar limitados na compra de carros, devido á situação económica Portuguesa e Europiea, ainda andam por aí umas boas escolhas de carros usados, principalmente uns desportivos cheios de carácter.

Article Source

Deixe uma resposta/comentário